RECADO

terça-feira, novembro 22, 2011

TERCEIRA AULA DA CIAS

3ª Aula

Assunto: PROFECIAS SOBRE O SENHOR JESUS
Texto Fundamental: Apocalipse 21:5-6
Objetivo: Ao término desta aula os alunos poderão identificar que Deus nos ama e sempre desejou que o homem – a criatura – vivesse em comunhão com Ele – o Criador.
Palavra chave: Alfa e Ômega

Letra do alfabeto grego a primeira letra e a última letra.
Início e o Fim
Ap 21.5-6 – “E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis. E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.”
(Hino No Princípio era o Verbo – 100)
Introdução
O apóstolo João começa o seu livro dizendo que “no princípio era o Verbo (…) e o Verbo se fez carne e habitou entre nós.” (João 1.1 e 14).
O que significa isso? 1º – O Verbo é “A Palavra”; 2º – E “O Verbo se fez carne” – significa que quando “A Palavra” veio aqui como homem recebeu o nome de “Jesus” (Salvador).
Então na primeira aula estudamos que “A Palavra” já existia na eternidade, que é Jesus e, junto com o Pai e o Espírito Santo, Ele criou os céus e a terra;
Na segunda aula vimos que um dia nasceu neste mundo um bebê que havia sido anunciado 750 anos antes pelo Profeta Isaias e este é o nascimento de Deus homem – Emanuel. Muita coisa valiosa aprendemos na Bíblia e ficamos sabendo que são segredos de Deus para seus filhos.
Nesta terceira aula vamos identificar algumas profecias sobre o Senhor Jesus no Velho Testamento e compará-las com o seu cumprimento no Novo Testamento.
Deus, para renovar a esperança daqueles que O buscavam e para que os sinais pudessem ser confirmados por aqueles que esperavam a chegada do Messias, revelou aos profetas detalhes da sua vinda ao nosso meio.
1 – O lugar onde Ele nasceu

Miquéias fala exatamente da cidade onde o Salvador iria nascer, Belém, uma cidade pequenina que ficava no território da Judéia, terra do rei Davi.
Miquéias 5:2 – “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá o que será Senhor em Israel, …”
Vemos em Lucas 2 que Ele nasceu justamente ali, onde o profeta disse:
Lucas 2:11 – “Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” (A Cidade de Davi é Belém).
(Hino Onde nasceu Jesus – 05)
2 – Que Ele morreu crucificado


No Salmo 22, o rei Davi profetiza sobre a morte do Senhor Jesus. Observe que as mesmas palavras que Davi profetizou nesse Salmo (900 anos antes de acontecer), Jesus falou na cruz.
Salmo 22:1 – “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido?”
Mateus 27:46 – “E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”
3 – Que Ele Ressuscitou
Mais uma vez Davi, profeticamente, falou que Jesus iria ressuscitar:
Salmo 16:10  “Pois não deixarás a minha alma na morte, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.”
Mateus 28:6 registra o cumprimento dessa profecia: “Ele não está aqui, porque já ressuscitou …”.
Os amigos de Jesus foram procurar seu corpo no sepulcro; as mulheres foram as primeiras.

Quando não encontraram o corpo, elas choraram muito tristes, porque ainda não tinham entendido a profecia do Salmo 16. Um anjo falou com elas, confortando: “Ele ressuscitou!”. Depois que Jesus ressuscitou, apareceu a todos, os consolou e disse que ia para o céu e de lá voltaria para nos buscar.
(Hino “Sei que na cruz seu sangue verteu” – 79).
4 – Que Ele está à direita de Deus

No Salmo 110 Davi profetizou que o Senhor Jesus, depois de vencer a morte, subiria para o céu:
Salmo 110:1  “Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo* dos teus pés.”
Foi o que aconteceu depois que Ele ressuscitou como Lucas escreveu:
Lucas 24:50-51 – “E levou-os fora, até Betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou. E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu”.
E muitos outros sinais foram dados por Deus através dos séculos, mostrando a nova oportunidade dada ao homem de voltar à comunhão com Deus.
Conclusão
Vemos então que a derrota do homem, provocada pela desobediência de Adão, é transformada em vitória pela obediência do Senhor Jesus.
E o mesmo Senhor Jesus prometeu que iria voltar: João 14:3 – “E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.”
Agora estamos aguardando e nos preparando para o cumprimento dessa promessa.
A Bíblia começa contando a história da criação do universo e termina com a criação de um novo céu e uma nova terra. Vemos aí a Trindade como Alfa e Ômega – Princípio e Fim: acima e além do tempo – Criou tudo e governa tudo.
* Escabelo é um banquinho baixo para servir de descanso para os pés, quando a pessoa está sentada.  VEJA ABAIXO ILUSTRAÇÕES DE MODELOS DE ESCABELO. (Hoje são conhecidos por outros nomes: como: pufs, chaises etc...

Este pequeno objeto na altura dos pés chama-se Escabelo, descanso para os pés.
este acima era usado por Faraós do império Egípcio.

PARÁBOLA DA GRANDE CEIA - (Lucas 14:16-18).


“Certo homem deu uma grande ceia e convidou a muitos. À hora da ceia, enviou seu servo para avisar aos convidados: ‘Vinde, porque tudo já está preparado.’ Não obstante, todos, à uma, começaram a escusar-se...” (Lucas 14:16-18).
Era no inverno, antes de sua morte, provavelmente na Judéia ou Peréia, e Jesus estava numa grande festa de Sabá, na casa de um chefe fariseu não nomeado. Ele curou um homem que sofria de uma debilitante doença do coração, desafiando qualquer um a objetar, mas os outros hóspedes, pessoas eminentes, fariseus e advogados, observando Jesus com um olhar crítico (Lucas 14:1), estavam evidente, singular e espantosamente desinteressados.
E ele os observava, também, notando quem estava lá (os convidados não foram pobres, nem necessitados) e como eles porfiavam pelos mais proeminentes assentos. Seus valores eram destorcidos por cobiça e egoísmo. Ele os advertiu que este tipo de auto-exaltação conduziria a um fim humilhante, enquanto um espírito humilde traria, no mínimo, honra (Lucas 14:8-11). E instou com eles que se movessem além de sua cultura egoísta de um círculo apertado de parentes e vizinhos ricos e se procurassem distrair aqueles que, em sua necessidade, eram impotentes para retribuir (Lucas 14:12-14).
Foi neste ponto da conversa do jantar que alguma alma, bem intencionada mas desorientada, observou entusiasticamente: Bem aventurado aquele que comer pão no reino de Deus” (Lucas14:15). Não transparece do texto qual tipo de pão, exatamente, o que falou tinha em mente, nem quanto, apesar de tudo o que Jesus falara, esta pessoa ainda demonstrava ambição egoísta. Talvez ela estivesse, muito ineptamente, tentando descarregar a tensão que Jesus, pelos comentários precedentes, tinha deixado na mesa. Qualquer que fosse o caso, é evidente, pela parábola, que o Senhor não estava impressionado.
A festa de Deus
O “certo homem” da parábola que preparou uma grande festa é Deus. E a parábola nos relembra que a festa de amor e alegria que Deus deseja que partilhemos com ele estara em preparação há muito tempo. É o “reino... preparado desde a fundação do mundo” (Mateus 25:34) e agora, “na plenitude do tempo” (Gálatas 4:4), Deus veio viver entre seu povo e nos convida para vir regozijar com ele! É a festa de todas as festas. Se você nunca esteve em outra ceia, esta é aquela que você não pode perder.
Contudo, os que foram convidados primeiro estão indiferentes! A parábola fala como, apesar de suas palavras, os escribas e fariseus valorizavam pouco o reino de Deus. Ela também explica porque Jesus era, muito freqüentemente, encontrado entre pessoas muito diferentes deles: pobres e desesperados necessitados.
O reino de Deus é um reino de graça. Aqueles que sentem suas vidas plenas não terão lugar nem desejo pelo pão de Deus. Em sua afetada auto-satisfação, eles, por outro lado, receberão o convite do céu com a alegria dos desesperados.
Uma resposta incrível
Disse o primeiro: Comprei um campo, e preciso ir vê-lo; rogo-te que me tenhas por escusado. Outro disse: Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las; rogo-te que me tenhas por escusado. E outro disse: Casei-me, e por isso não posso ir” (Lucas 14:18-20).
A resposta dos vizinhos e amigos deste homem não é nem natural nem provável. As pessoas não rejeitam, no último minuto, um jantar preparado com grande despesa por um homem rico e importante para o prazer de seus amigos. Toda matéria de importância menor seria apagada do calendário e nada, salvo um “ato de Deus”, poderia mantê-los longe. Isto é exatamente como se tinham comportado aqueles convidados para a festa na qual eles e Jesus estavam agora sentados. Os hóspedes apreciavam a honra que lhes estava sendo feita e achavam os principais assentos como uma espécie de distinção especial. Eles não tiveram dúvida em vir a tempo e completamente preparados. É, portanto, inconcebível que quaisquer hóspedes assim convidados se escusassem. Era uma situação absurda e foi para revelá-la como tal que Jesus formulou esta parábola.
A situação na parábola correspondia exatamente à situação da nação de Israel. Os israelitas, como os homens da parábola, tinham sido avisados havia muito tempo, desde os profetas, da vinda do reino de Deus e como aqueles homens estavam sendo avisados de sua imediata aproximação pela pregação de João e de Jesus: “... Está próximo o reino dos céus” (Mateus 3:2; 4:17). E, contudo, apesar de todo o seu suposto deleite naquele reino, quando o reino do céu chegou perto, eles estavam totalmente desinteressados em recebê-lo. De fato, como a situação presente demonstrou, eles poderiam sentar-se juntamente com seu próprio Rei e não sabê-lo!
–por Paul Earnhart

A PAZ DO SENHOR JESUS.

A PAZ DO SENHOR JESUS.

RECADINHO!!!!

OLÁ, OBRIGADA PELOS ACESSOS E RECADINHOS.
ME ALEGRA MUITO OS RECADINHOS NO MEU MURAL.
ESTOU APRENDENDO EM UMA OFICINA DE LIBRAS E ANDO MEIO OCUPADA.
OREM POR MIM !!!
Bjuxxxx PAZ!

A Palavra de Deus diz em lamentações 3.21 “Quero trazer à memória aquilo que me traz esperança.”

Esse versículo me ajuda muito nos dias em que acordo angustiada.

Por isso, nesse dia quero trazer à nossa memória aquilo que nos traz esperança: esperança que nossos filhos, pais, sobrinhos, irmãos, parentes mais distantes e próximos de nós, irmãos na fé, amigos e inimigos, encontrem a verdadeira esperança que satisfaz a nossa alma, que nos ama incondicionalmente, que é o nosso Amado, o Principio e o Fim, nosso Salvador e o nosso Senhor, aquele em cujas asas podemos nos abrigar: Jesus Cristo! Amém.


























































Deixe seu recado!

Blogs

Obrigada pela sua amizade

AMIGO

Recadoseglitters.com

A PROMESSA

A PROMESSA

PENSAI NAS COISAS LÁ DE CIMA...

AMIGOS...

AMIGOS...

Um coração feliz embeleza o rosto!

Veja mais recados

A PEDRA PRECIOSA DA MINHA VIDA

Recadoseglitters.com

A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA.

A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA.

KKKKK =D

PASSE O MOUSE E QUEBRE O OVINHO...

SÓ VOCÊ PODE DEIXA-LO ENTRAR!!

SÓ VOCÊ PODE DEIXA-LO ENTRAR!!

FLORES

Recadoseglitters.com

Aquário